Projeto de lei elaborado por estudante será apreciado no plenário da Câmara Municipal de São Paulo
10 de outubro de 2019 Notícias, Portal , , , , ,
destaque

Criado pela Câmara Municipal de São Paulo, em 2001, o Parlamento Jovem Paulistano visa proporcionar o exercício da cidadania e da democracia, por meio da experiência das funções legislativas, a estudantes matriculados do 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental.

Para isso, são selecionados, graças à análise de projetos de lei idealizados por eles mesmos, 55 pré-adolescentes. São representantes do mesmo número de instituições de ensino públicas e privadas do município, cujas proposições já foram eleitas pelas suas respectivas comunidades educativas.

As propostas escolhidas pela comissão da Câmara Municipal serão, então, debatidas em plenário.

_DSC_2101_redEntre elas, está a elaborada por Júlia Wenda. Concluinte do Ensino Fundamental, a estudante do Colégio Notre Dame Rainha dos Apóstolos debruçou-se, motivada pelo incentivo da equipe pedagógica para que os educandos criassem projetos relevantes à sociedade, sobre a dificuldade de concentração apresentada, em sala de aula, por crianças e adolescentes.

A partir da identificação do tema que nortearia sua proposição, Júlia procurou psicólogos, a fim de que pudesse compreender as causas da problemática e como ela poderia ser solucionada. “Lembrei, por fim, da Técnica Pomodoro – que  aprendemos aqui no Colégio”, relata.

Foi inspirada nela que, embasada em estudos científicos, Wenda sugere que a legislação municipal compreenda dois intervalos diários para os alunos que assistem a mais de seis aulas diárias. “A proposta pretende trazer aos estudantes mais dedicação, foco e prazer nos estudos”, conclui a jovem parlamentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>