Cantata convida espectadores a celebrar, unidos, o Natal
4 de dezembro de 2018 Notícias, Pastoral, Portal, Portal Pastoral , , , ,
BIA_0130abertura

São Paulo fazia jus ao título de “terra da garoa” quando, às 20 horas da última sexta-feira (30), a diretora do Colégio Notre Dame Rainha dos Apóstolos, Irmã Marivete Brun, proferiu suas palavras de acolhimento ao público que, em breve, assistiria a mais uma edição do espetáculo natalino protagonizado pela comunidade escolar.

Neste ano, contudo, além de voltar o olhar dos espectadores ao verdadeiro sentido do festejo, a Cantata Natalina fez memória aos 95 anos de presença das Irmãs de Notre Dame no Brasil. Afinal, as religiosas são incumbidas da missão de tornar o bom Deus conhecido e amado, como preconizou sua mãe espiritual, Santa Júlia Billiart. “Jesus é a manifestação do coração misericordioso de nosso Pai, que se fez carne para libertar os homens do pecado. Celebrar seu nascimento é manter vivo os Seus Ensinamentos”, explica Marivete.

Além disso, o espetáculo – iniciado após a benção do Padre José Elias – foi inspirado no lema da Campanha da Fraternidade, “Vós sois todos irmãos” (Mateus, 23:8), convidando os espectadores a unir as mãos, a acolher os semelhantes e a formar uma grande família, para celebrar o Natal.

"Vós sois todos Irmãos"
“Vós sois todos Irmãos”

Apresentado das escadarias da Paróquia Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos, o musical foi norteado por canções que fazem referência às principais passagens do Novo Testamento, como o nascimento do Deus menino, os Seus Milagres e Sua Paixão – interpretadas pelo coral formado por educandos e colaboradores da instituição de ensino .

Hino da Cantata Natalina
Hino da Cantata Natalina

A comunidade educativa, ainda, protagonizou encenações, como a de Maria recebendo, por meio do Anjo Gabriel, a notícia de que daria a luz ao Salvador e a do Deus menino, acomodado em uma simples manjedoura, sendo honrado por Reis, pastores, anjos e animaizinhos.

Maria e o Anjo Gabriel
Maria e o Anjo Gabriel

Durante a apresentação, a garoa transformou-se em tempestade, dificultando o prosseguimento do show. Mesmo assim, os coralistas persistiram, deixando a escadaria, para agruparem-se sob a cobertura, firmes no propósito de anunciar e testemunhar o projeto de Jesus Cristo. Assim como eles, os atores seguiram em seus papéis, surpreendendo a plateia, por exemplo, ao caminhar em meio a ela, caracterizados como Jesus e os apóstolos, para partilhar o pão com os espectadores – a exemplo da Santa Ceia.

Jesus consagra o vinho
Jesus consagra o vinho

No entanto, devido a intensificação da tempestade, o espetáculo foi encerrado prematuramente. “Sabemos do esforço e do empenho que todos dedicaram a esta apresentação, porém, pensando no bem-estar dos artistas e do público, decidimos adiantar a finalização do espetáculo”, justificou a diretora escolar, antes de ter início a 15ª das 20 canções que compunham o roteiro do show.

Após a coreografia “Oração de São Francisco”, executada pelos socioeducandos do Departamento Social Santa Júlia Billiart, ocorreu, então, o show pirotécnico de encerramento da 9ª edição da Cantata Natalina.

Veja mais fotos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>